terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Reconectando a São Paulo!

É sempre maravilhoso terminar e começar um novo ano viajando, eu particularmente adoro, principalmente quando estou ao lado de pessoas especiais como meus amigos! É importantíssimo ter amigos e dividir experiências e emoções e encontrar pessoas maravilhosas no meio do caminho.

Estou de volta e renovada depois de muitas aventuras pela minha querida e eterna América Latina!

A foto ao lado sou eu no canyon del colca, estar pertinho da Cordilheira dos Andes e das nuvens não tem preço! Eu amo a Cordilheira dos Andes, parece que ela vai te engolir de tão grandiosa!

Conheci um dos cartões postais mais famosos de mundo, Machu Picchu com minha amiga Gisele e meu amigo Marquinhos, foto ao lado. Foram 15 dias de muitas alegrias, emoções, surpresas nesse fascinante continente que é a América Latina.

Eu tinha planejado essa viagem para ir sozinha, mas descobri que América Latina é interessante conhecer com amigos, são muitas situações novas para compartilhar, ainda bem que meus amigos toparam essa aventura comigo...hehehe

Eu fiquei chocada em saber que nesse período do ano em Machu Picchu é baixa temporada, estava lotado de gente na cidade perdida, filas e mais filas. Eu fiquei imaginando como será então na alta temporada, no inverno no meio do ano!

Há que se dizer que o Peru é um país incrível, é outro país que eu tenho certeza que vou voltar novamente. Aliás eu já estabeleci pra mim mesma que não quero conhecer o mundo todo porque já tem muitos países que quero voltar para conhecer lugares que eu não tive tempo suficiente para conhecer.

Não somos como os europeus que ficam meses viajando e até mesmo um ano inteiro explorando cada pedaço dos países. Pude perceber também, o quanto muitos estrangeiros, e europeus principalmente, são desapegados a família, muitos ficam meses viajando e não sentem saudades da família! Eu senti um vazio nessas pessoas, como se estivessem em busca de algo que lhes faltam e que ainda não encontraram e não sei se vão encontrar.

Me encantei muito com as crianças andinas, o sorriso dessa e de outras crianças me encheu de alegria, ficava pensando como pode essas pessoinhas tão fofas viverem no meio da cordilheira, limite do nada com lugar algum e ainda serem simpáticas!

Conheci também a Bolívia que vai merecer um post especial, um país bastante chocante mas muito interessante! Depois de variar tanto de altitude nessas minhas férias eu descobri que é o máximo morar a + ou - 800 metros acima do nível do mar, nem tão quente quanto ao nível do mar e nem tão alto quando La Paz que faz frio em pleno verão! Descobri que moro na altitude perfeita! hehehe

Enfim, esse é post para dizer que estou de volta a São Paulo com as energias recarregadas!

2 comentários:

  1. Iara....seu post está ótimo, mas a sua frase final me fez sorrir...descobrir que moramos na altitude perfeita é uma ótima justificativa para permanecemos nesta cidade!
    :)
    ah não podemos esquecer que temos a avenida perfeita (Paulista)
    os cinemas perfeitos
    a gastronomia mais que perfeita
    enfim...
    só faltou a praia para ser totalmente perfeita, mas aí é fácil....descemos os 800 metros perfeitos e chegamos ao zero...em apenas uma hora!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha É Fezinha, nossas andanças vão amadurecendo nossos conceitos sobre o que é bom ou não. Moramos no lugar perfeito com todos os problemas que conhecemos bem. Vc esqueceu de dizer das noites de São Paulo...hehehe
    Quanto a praia eu já vizualizo nós entrando no futuro TAV (Trem de alta velecidade) e chegar em 1 hora no Rio de Janeiro, aí sim será a perfeição do lugar que vivemos!
    bjinhos

    ResponderExcluir